Para a comemoração de mais um Dia da Liberdade, a Escola Profissional do Vale do Tejo (EPVT) voltou a dinamizar uma atividade, celebrando a revolta dos militares portugueses que levaram a cabo um golpe de estado militar, pelo fim do regime ditatorial do Estado Novo, a 25 de abril de 1974.

A atividade intitulada “Depois de abril a arte saiu à rua” foi da responsabilidade e organização dos alunos do 10.º ano do curso profissional Técnico/a de Turismo, no âmbito da disciplina de História e Cultura das Artes.

Os alunos desenvolveram durante as aulas um trabalho de informação e pesquisa sobre a arte na época, que culminou num evento e exposição no auditório da escola, a 30 de abril. Esta exposição contou com a participação dos alunos de 10.º e 11.º ano do curso profissional Técnico/a de Multimédia, com a criação de ilustrações referentes à temática do 25 de abril.

Artes gráficas, cinema, música e literatura foram o foco desta atividade, cujo principal objetivo foi explorar o desenvolvimento da arte, bem como da mudança de mentalidades, após a revolução dos cravos. A exposição foi dinâmica, teve momentos de interação, dramatização, declamação e música e os alunos cantaram “Grândola Vila Morena”, “E depois do adeus” e “País dos Licenciados”, para as restantes turmas e comunidade escolar.

A reflexão sobre o importante momento da história de Portugal e sobre o conceito de liberdade reforça a sua importância e contribui para o desenvolvimento de competências sociais, relacionais e interpessoais dos alunos e da sua educação para a cidadania.

Álbum de fotos aqui.